Morre uma das gêmeas agredidas pelo pai em Videira, no Meio-Oeste

16/05/2014

Uma das bebês de um mês agredidas pelo pai, em Videira, no Meio-Oeste catarinense, morreu na tarde desta quinta-feira no Hospital Helio Anjos Ortiz, de Curitibanos, onde estava internada há uma semana na Unidade de Terapia Intensiva.

O laudo anexo ao inquérito policial apontou que o trauma cerebral da menina foi causado por asfixia. A irmã gêmea da vítima, que também foi maltratada e teve uma das pernas quebradas, continua internada na unidade hospitalar, mas passa bem.

A menina será sepultada às 10h desta sexta-feira em Videira. O suspeito das agressões, o pai da criança, Fabiano Luz, de 29 anos, permanece detido preventivamente na Unidade Prisional Avançada de Videira. Ele deve responder por homicídio e tentativa de homicídio.

Conforme o delegado Igor Siqueira de Araujo, que comanda as investigações, o suspeito confessou que bateu na menina que teve a perna quebrada, mas nega envolvimento na agressão da bebê que morreu.

Araujo revela ainda que o suspeito já havia sido condenado e preso por violência doméstica contra a ex-mulher, com quem tem outros dois filhos. Também há registros de que ele batia nas crianças.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente