Polícia e Conselho Tutelar apuram agressão contra bebê de três meses em creche de Itajaí

09/04/2014

A Polícia Civil e o Conselho Tutelar investigam a agressão que um bebê de apenas três meses teria sofrido numa creche particular de Itajaí. Os pais da criança, que teve vários ferimentos na cabeça e no rosto, procuraram a Defensoria Pública na manhã desta quarta-feira para saber que medidas jurídicas podem ser tomadas.

Os ferimentos teriam ocorrido na segunda-feira, primeiro dia que a pequena ficou em tempo integral na escola. A mãe conta que foi chamada na escolinha porque algo havia acontecido com a filha.

— Fomos eu e meu marido, mas não quiseram nos contar por telefone. Quando chegamos lá ele estava toda machucada— lembra.

A coordenadora e professoras teriam dito ao casal que outra criança, de um ano, foi quem a agrediu. A menina sofreu arranhões profundos no rosto e chegou a ter um dos brincos arrancados.

Imediatamente o casal levou a menina até o pronto-atendimento da Unimed em Balneário Camboriú. Lá, ela foi atendida e a equipe médica acionou o Conselho Tutelar. Na terça-feira o casal levou a criança para exame de corpo de delito e registrou um boletim de ocorrência.

A conselheira Sandra Debrassi espera que ainda nesta quarta-feira a coordenação da escola compareça ao conselho. Sandra quer apurar melhor o caso antes de encaminhar ao Ministério Público.

Assim como a mãe da menina, a conselheira não acredita que outra criança tão pequena teria força para causar os ferimentos na criança. O Sol Diário entrou em contato com a creche na manhã desta quarta-feira, mas a coordenadora que poderia falar sobre o assunto não estava.

Fonte: O SOL Diário

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente