Perseguição e morte após tentativa de explosão de caixa eletrônico em Itapema

24/02/2014

Uma abordagem policial terminou em perseguição e morte na madrugada deste sábado. A Polícia Militar tentou abordar uma caminhonete Hilux de Blumenau com quatro homens em atitude suspeita. Os ocupantes do veículo fugiram em direção a Balneário Camboriú e um deles foi morto durante a ação da PM.

Após a perseguição, a PM encontrou explosivos em um caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal em Itapema. A suspeita dos policiais é que os homens estejam envolvidos na tentativa de explosão.

A Polícia Federal assumiu as investigações — este foi o terceiro caso de tentativa de explosão de caixas eletrônicos em quatro dias no Litoral Norte.

Em Barra Velha, dois homens entraram em um supermercado e tentaram explodir dois caixas eletrônicos no dia 19 de fevereiro. Apenas o do Banco do Brasil foi aberto pelos bandidos. A Polícia suspeita que os mesmos homens tenham tentado explodir, ainda naquela madrugada, outro caixa eletrônico em uma agência de Penha, desta vez sem sucesso.

Perseguição

A Polícia Militar de Itapema tentou abordar uma caminhonete Hilux com quatro homens em atitude suspeita na madrugada de sábado, por volta das 0h30min. Segundo a PM, os ocupantes do veículo estariam portando armas.

Percebendo a ação dos policiais, os homens iniciaram uma fuga em direção a Balneário Camboriú. Dois deles desembarcaram ainda em Itapema, enquanto os outros dois fugiram pela BR-101 e foram perseguidos pelas viaturas da polícia.

Próximo a Faculdade Avantis, uma guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) de Balneário Camboriú bloqueou a rodovia. Ao avistar a equipe, o veículo subiu no canteiro e desviou pela marginal.

A Polícia Militar alcançou o carro por volta da 1h34min, quando Jhonathan Felipe Godoi de Jesus, de 19 anos, desceu com um revólver calibre 32 apontado para um dos policiais e foi alvejado. Ele morreu no local e o corpo foi reconhecido pelo padrastro.

De acordo com o Capitão da PM de Itapema, Eder Oliveira, o rapaz, natural de Guarapuava no Paraná, era conhecido como "Vela" e integrava uma facção criminosa de Brusque. Com ele foi apreendido um revólver com quatro munições intactas e duas deflagradas.

O outro ocupante da caminhonete foi abordado em frente a um shopping na avenida das Flores e preso por dirigir perigosamente. Os dois homens que ficaram em Itapema possuíam diversas passagens pela polícia por roubo, mas no momento da abordagem não foi constatado qualquer envolvimento e eles foram liberados.

Tentativa de explosão

A atitude suspeita dos quatro homens fez com que a Polícia Militar realizasse novas buscas em Itapema.

—Não entendemos porque eles fugiram, já que não havia mandado de prisão contra nenhum deles. Depois que fizemos rondas achamos explosivos em um caixa eletrônico da cidade — explica o Capitão Eder.

Os artefatos foram encontrados por volta das 4h30min na agência da Caixa Econômica Federal de Itapema. Os autores fugiram do local, mas os explosivos permaneceram intactos e foram retirados pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) de Florianópolis.

Para o Capitão Eder, o crime está totalmente ligado com a fuga dos quatro homens. A partir de agora a Polícia Federal investiga o caso.

Fonte: O SOL DIÁRIO

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente