Professor de Garuva é preso por pedofilia e assédio sexual

10/10/2013

Um professor da rede pública de ensino de Garuva, no Norte do Estado, foi preso na tarde desta quarta-feira por pedofilia e assédio sexual. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela Polícia Civil, enquanto o professor ministrava suas aulas na escola.

— Ele estava muito nervoso, pois já sabia do que se tratava e preferiu não se manifestar — relatou a delegada Inara Drapalski.

Um mandado de busca e apreensão também foi cumprido na casa do suspeito de 32 anos. Foram apreendidos um computador, câmera fotográfica e diversas mídias. Nos equipamentos, a polícia identificou mais de 270 mil imagens pornográficas de crianças e adolescentes. Dentre as imagens, havia fotos dele com alunas entre 14 e 16 anos, com quem supostamente se relacionava. Algumas imagens também eram compartilhadas pela internet.

O relacionamento entre o professor e as alunas ocorria fora da escola. Conforme a delegada, possivelmente ele se aproveitava da posição de professor para chegar às vítimas.

— Ele escolhia as meninas e as envolvia. Como é um rapaz bem apessoado, as meninas gostavam dele. Chegava a dizer para as meninas mais novas que só ficaria com elas depois que fizessem 14 anos. E elas esperavam para ficarem juntos — relatou Inara.

As investigações deram conta ainda que a ex-mulher do professor, com quem teve dois filhos, foi envolvida pelo suspeito da mesma forma, quando se conheceram, há 15 anos.
O homem já foi conduzido para o Presídio de Joinville. As investigações devem continuar nos próximos dias.

— O mandado de prisão foi solicitado porque entendo que há risco para a sociedade — concluiu Inara.

Fonte: A NOTÍCIA

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente