Traficante Fernandinho Beira-Mar é condenado a 80 anos de prisão

13/03/2013

O traficante Fernandinho Beira-Mar foi condenado a 80 anos de prisão por ter ordenado o assassinato de três pessoas em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, em 2002. A sentença foi proferida pelo juiz Murilo André Kieling já na madrugada desta quarta-feira após 10 horas de julgamento no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A defesa de Beira-Mar afirmou que vai recorrer da decisão.

Luiz Fernando da Costa era acusado de mandar seus comparsas executarem Antônio Alexandre Vieira Nunes, o "Playboy", Edinei Thomaz Santos e Adailton Cardoso de Lima — este último sobreviveu ao episódio. Ele teria mantido contato por telefone do presídio Bangu 1, onde estava preso à época. Com a decisão da Justiça, Beira-Mar já contabiliza 69 anos de prisão no Rio de Janeiro. Se computadas as condenações de outros Estados, a cifra sobe para 120 anos.

— Genialidade e maldade não combinam. A maldade bebe a maior parte do veneno que produz. Luiz Fernando da Costa atuava dotado de uma espécie de poder de domínio sob todas as coisas no território. Ordenou o atuar dos asseclas pelo telefone, dentro do cárcere. Desafiou os grilhões do cárcere. Subjugou seus desafetos através da barbárie ou do terror. Uma típica execução sumária. A sociedade exige ação e repudio — declarou Kieling ao ler a sentença.

Fernandinho negou ser o mandante das execuções e disse ter determinado uma reunião na favela Beira-Mar para esclarecer o racha entre traficantes. No entanto, admitiu ter mentido no último interrogatório ao alegar que a voz capturada pelas escutas telefônicas da Polícia Federal não era dele:

— Hoje tenho uma outra visão de mundo, faço Teologia à distância e quero pagar o que devo à Justiça. Mas quem ouve essas gravações percebe que não ordenei a morte de ninguém.

O advogado de defesa, Wellington Corrêa, tentou desqualificar as provas apresentadas pelo Ministério Público alegando que as gravações não teriam sido autorizadas pela Justiça. Defendeu ainda que a Promotoria violou a Constituição nesse caso.

Fonte: ZERO HORA

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente