Diarista é presa por suspeita de golpe nos patrões em Joinville

08/03/2013

Uma mesa cheia de objetos, cinco bolsas cheias de roupas e calçados ocupavam uma das salas da delegacia da rua Marquês de Olinda, zona Norte de Joinville, na tarde de quinta-feira. A apreensão é resultado do mandado de busca cumprido na casa de uma diarista.

Zuleide Aparecida Rodrigues, 37 anos, foi presa preventivamente por furto qualificado. Segundo o delegado Leonardo Marcondes Machado, ela confessou os crimes.

— Suspeitamos que tenha cometido cinco furtos qualificados pelo abuso de confiança.

Segundo a polícia, não havia padrão nos objetos furtados. Foram encontrados na casa de Zuleide calçados menores do que ela calça, roupas de criança, apesar de ter filhas adultas, roupas masculinas, relógios, iPhones, iPads, câmeras fotográficas, bolsas e jaquetas.

— A denúncia é de que ede uma residência ela teria levado o equivalente a R$ 200 mil em joias —, contou a agente.

Em depoimento, a diarista denunciou o receptor, que foi detido para prestar esclarecimentos e deve ser indiciado por receptação qualificada. A investigação apontou que ela costumava vender as joias, mas também aproveitava alguns objetos furtados para dar de presente.

Ela começou a ser investigada no segundo semestre do ano passado. Até ontem, os policiais haviam identificado cinco vítimas da diarista. Os objetos estão disponíveis para reconhecimento na delegacia. Informações: 3435-6600.

Fonte: A NOTÍCIA

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente