Suspeito de ser um dos responsáveis pelos atentados em SC é preso em Florianópolis

19/02/2013

Maycon Aurélio Saturnino, 29 anos, suspeito de integrar o Primeiro Grupo Catarinense (PGC) e ser um dos responsáveis pela difusão dos atentados em Santa Catarina foi preso na madrugada desta terça-feira pela Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), em Florianópolis. A 8ª Delegacia da Capital e a Coordenadoria de Operações Policiais Especiais (Cope), apoiaram a ação.

A prisão de Maykon foi por volta das 4h, em um apartamento de cobertura no Bairro João Paulo.

Maykon foi preso em flagrante por posse de munição de calibre 9 mm de uso restrito e durante a semana a investigação deve apurar outros fatos.

— O inquérito indica que Maykon foi um dos principais responsáveis pela dinâmica dos atentados — disse Akira.

O delegado disse ainda que o suspeito teria iniciado a difusão dos mandamentos da facção para as demais cidades do Estado.

— Ao longo da semana novas prisões devem acontecer. Pelo menos 20 mandados devem ser cumpridos — disse Akira.

De acordo com o diretor da Deic, Akira Sato, "Maykon do Horácio", é cunhado de Rodrigo de Oliveira, conhecido como "Rodrigo da Pedra", traficante catarinense e um dos líderes da facção criminosa que após a prisão foi transferido para um presídio federal.

Desde o último sábado, dia 16, a Polícia Civil prendeu 149 suspeitos, entre eles, segundo o delegado Akira, a mãe e irmã de Maykon, por participar dos atentados em SC.

Segundo a Polícia Civil, um suspeito de ser um dos cabeças PGC na região de Jaraguá do Sul foi preso na tarde da segunda-feira, dia 18.

Durante a madrugada do último sábado, 70 mandados de prisão foram cumpridos. Mais 53 também foram realizados no domingo e 21 adolescentes foram apreendidos em todo o Estado.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente