Novas cotas de enchente são divulgadas no site da prefeitura de Blumenau

02/08/2012

A prefeitura de Blumenau disponibilizou nesta quinta-feira, no site do município, a relação atualizada das cotas de enchente. A Universidade Regional de Blumenau (Furb) fez a revisão das cotas porque o último levantamento era década de 1980. Desde então, novas ruas e construções surgiram e a calha do Rio Itajaí-Açu passou por modificações. O trabalho da Furb foi baseado em marcas da enchente de setembro de 2011.

Com a atualização, todas as cotas tiveram mudança, uma vez que foi necessário ajustar em 40 centímetros a régua posicionada na cabeceira da Ponte Adolfo Konder, ponto de partida para a medição das cotas. A correção foi feita após uma medição mais apurada do leito do rio com aparelho de GPS. Agora, a primeira via a ser alagada passou a ser a Rua São Rafael, na Itoupava Norte, com 7,40 metros.

Uma novidade é o nível de detalhamento das informações do novo sistema. A consulta das novas cotas trará diferentes pontos de enchente em uma mesma rua. Anteriormente, só era possível consultar uma única cota para toda a via, baseado no ponto mais baixo. Ao verificar a Rua São Paulo, por exemplo, a pessoa poderá obter as cotas de enchente da rua nas esquinas, no entroncamento com a ponte sobre o Ribeirão da Velha e no final da via.

O mesmo ocorre com a Rua Doutor Pedro Zimmermann, na Itoupava Central, que agora apresenta 20 cotas. No total, o novo relatório traz 619 ruas atualizadas e 1.961 cotas.

A próxima etapa do trabalho, que deve ser concluída em setembro, será a entrega da rota de fuga e da carta-enchente. Trabalho iniciado em dezembro do ano passado, a carta consiste na transposição dos dados de enchente para um mapa por meio do qual será possível visualizar manchas de inundação. Para isso, foram selecionados 160 pontos ou marcos para estudo no município e, partir daí, estabelecidas as lâminas d'água na cidade, levando-se em conta a topografia de cada região.

Agora em fase de detalhamento das ruas e dos imóveis atingidos abaixo de 7 metros e acima de 15 metros, o sistema permitirá a criação de uma página na internet por meio da qual qualquer munícipe poderá dizer onde está e para onde quer se deslocar em tempos de enchente e assim obter uma rota de fuga segura e livre da água.

Fonte: JORNAL DE SANTA CATARINA

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente