Briga entre vizinhos acaba com menina de 10 anos gravemente ferida em IndaialBala que atingiu o ombr

25/11/2011

Uma briga entre dois vizinhos da Rua Alfredo Kroeger, no bairro Estrada das Areias, em Indaial, Vale do Itajaí, terminou com uma menina de 10 anos ferida gravemente no começo da madrugada desta sexta-feira. Emilly dos Santos foi atingida por disparos no ombro e na mão, depois que um vizinho entrou na residência onde ela morava e disparou oito tiros.

O vigia Fernando Gonçalves, 26, teria discutido com a mãe da menina momentos antes. Depois de ir para casa, Gonçalves voltou à residência da mulher e da criança e atirou contra a família. Além de Emilly, ninguém mais ficou ferido.

A bala que atingiu o ombro da menina está alojada nas costas. Segundo o Hospital Beatriz Ramos, em Indaial, onde ela está internada, uma equipe de médicos irá decidir na manhã desta sexta quais procedimentos serão realizados.

O suspeito dos disparos está foragido. Segundo a Polícia Militar (PM), Gonçalves teria usado a arma da empresa em que trabalha para dar os tiros.

Empresa confirma que vigia usava arma do trabalho

A Orsegups, onde trabalha o suspeito, confirmou que a arma usada por Fernando Gonçalves, 26, era de propriedade da empresa. Édson Heinz, gerente regional da Orsegups, informou que Gonçalves teria de estar trabalhando no momento da briga com os vizinhos. Isso foi percebido, segundo Heinz, quando um fiscal passou pelo posto da empresa onde o vigia fica e não o encontrou.

— Fui avisado da ausência dele e no mesmo momento fiquei sabendo que ele havia feito os disparos — conta o gerente.

De acordo com Heinz, a empresa irá entregar todos os documentos necessários para a Polícia Civil com o intuito de ajudar nas investigações. O gerente não soube precisar há quanto tempo Gonçalves trabalhava na empresa.

Segundo o superintendente estadual da Orsegups, Maurélio Pinto, os funcionários recebem treinamentos e passam por testes psicológicos antes de iniciarem os trabalhos. Pinto ainda ressaltou que o proprietário do local onde Gonçalves trabalha fazia elogios frequentes aos serviços prestados pelo vigia.

Os representantes da empresa estarão em Indaial nesta manhã para conversar com a família da garota e se colocar à disposição ajudar a menina.


Fonte: JORNAL DE SANTA CATARINA

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente