Polícia recebeu oferta de propina de R$ 1 milhão por traficante Nem

10/11/2011

A oferta de propina feita à polícia pelo traficante Antônio Bonfim Lopes, o Nem, preso nesta madrugada no Rio de Janeiro, chegou a R$ 1 milhão. Ele chefiava o tráfico de drogas na favela da Rocinha, na zona sul da cidade, e era considerado um dos traficantes mais procurados do Rio.

Nem foi capturado por policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar enquanto tentava fugir do cerco policial na comunidade, escondido no porta-malas de um Corolla preto. No carro, estavam mais dois homens.

Durante a abordagem um deles se apresentou como funcionário do Consulado do Congo e disse que só abriria o veículo para revista em uma unidade policial. O veículo seguiu escoltado pelos PMs.

Durante o trajeto, no entanto, os homens pararam o automóvel, na região da Lagoa, também na zona sul, e ofereceram a propina aos policiais para que fossem liberados. Desconfiados, os PMs revistaram o veículo e encontraram o traficante.

Nem foi levado para a sede da Polícia Federal, na Praça Mauá, na zona portuária do Rio.

Na Rocinha, em breve, será implantada uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

Fonte: AGÊNCIA BRASIL

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente