Homem mata mulher, joga a cabeça dela no lixo e esconde corpo atrás do guarda-roupa em Itajaí

01/11/2011

A Polícia Militar prendeu Douglas da Silva, 28 anos na manhã desta terça-feira no Bairro São João, em Itajaí. Aos policiais, ele confessou ter matado a própria mulher sufocada. Depois, teria cortado a cabeça da vítima e jogado no lixo. O restante do corpo de Daiana Silva Ramos, 29 anos, foi escondido atrás do guarda-roupa da casa onde os dois moravam.

O crime, que aconteceu na rua Araguaia, foi descoberto por volta das 6h30min desta terça-feira. Um catador de latinhas vasculhava o lixo na frente da casa onde ocorreu o assassinato, quando encontrou a cabeça da vítima.

Ele chamou a Polícia Militar. Os policiais entraram na casa e encontraram o suspeito dormindo. Ao ser questionado sobre a existência da cabeça no lixo, ele confessou o crime.

– Ele falou que a vítima era sua esposa. Disse que matou ela sufocada no domingo de manhã. À noite teria cortado a cabeça com uma faca de cozinha. O suspeito afirmou que a intenção era jogar o restante do corpo no rio, mas ele não conseguiu por conta do peso – relata o tenente Paulo Ramos dos Santos.

Após confessar o crime, o autor indicou o local onde escondeu o restante do corpo. Estava atrás do guarda-roupa, dentro de uma sacola.

Vizinhos contaram aos policiais militares que as brigas entre o casal eram frequentes. De acordo com a Polícia Militar, desde 2006 a vítima, de 29 anos, vinha registrando Boletim de Ocorrência contra as agressões e ameaças do marido. O caso está nas mãos da Divisão de Investigações Criminais da Polícia Civil (DIC).

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente