Cinzas do vulcão chileno Hudson podem chegar a SC se houver mudança de corrente de ventos

28/10/2011

O vulcão chileno Hudson começou a expelir cinzas na última quarta-feira, mas ainda não entrou em erupção. Meteorologistas acompanham a atividade do vulcão para avaliar a possibilidade de deslocamento das partículas para o Sul do Brasil.

Mais de cem moradores da região foram retirados de casa, por medida de precaução. Ainda é cedo para afirmar que o deslocamentos das cinzas pode chegar ao Sul do Brasil, segundo a Epagri, mas uma mudança no sistema de ar pode repetir as cenas registradas na última semana.

A Epagri, órgão de Santa Catarina que monitora as condições climáticas, também acompanha a situação. Para o meteorologista Marcelo Martins, ainda não há riscos.

– Ainda não há sinais de que os ventos favoreçam o deslocamento das cinzas para Santa Catarina, mas há possibilidade de que a situação mude – explica.

De acordo com a meteorologista Estael Sias, da Central RBS de Meteorologia, somente quando o vulcão entrar em erupção será possível saber a altitude que as cinzas serão expelidas e, a partir daí, cruzar as informações meteorológicas para saber sua direção e onde elas vão cair.

Há 10 dias, as cinzas de outro vulcão chileno, o Puyehue, chegaram sobre Santa Catarina e provocaram a interrupção dos voos.

A mais recente erupção do Hudson, que fica a 1.600 mil km de Santiago, foi em 1991.


fONTE: DIÁRIO CATARINENSE

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente