Sem árvore, jovem que caiu do 10º andar em Florianópolis atingiria o chão a 100km/h, diz especialist

28/10/2011

Sem a árvore que amorteceu a queda, a empregada doméstica Daiane Beatriz Maciel bateria no chão a 100km/h, segundo o professor de Física Nelito José Kamers. A jovem de 25 anos despencou do 10º andar de um prédio no Centro de Florianópolis, na tarde de quinta-feira.

— Em queda livre, ela atingiria o chão a cerca de 100km/h. Como o impacto dela foi amenizado pela árvore, a desaceleração foi menor. Isso fez com que ela se machucasse menos porque a força sobre os órgãos foi menor na hora de parar. Mais ou menos como o efeito do airbag no automóvel — explicou o professor em entrevista ao Jornal do Almoço, da RBS TV.

Para fazer o cálculo, Kamers teve como base a altura da queda da empregada doméstica, cerca de 30 metros. A jovem, grávida de dois meses, sofreu apenas arranhões nos braços.

Na manhã desta sexta-feira, o homem que prestou primeiro apoio à Daiane contou como foram os momentos logo após o incidente.

Fonte: DIÁRIO CATARINENS E RBS TV

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente