Homem morre após ser espancado em Joinville

04/10/2011

Mais dois homicídios estão sendo investigados pela Polícia Civil de Joinville. Um homem foi espancado e morto na madrugada de segunda-feira no bairro Paranaguamirim. A outra vítima foi baleada no dia 25 de setembro, no Jardim Edilene, e morreu de madrugada de segunda no Hospital Municipal São José.

Alexandre Gomes de Souza, 37 anos, foi reconhecido pelo pai na noite de ontem no Instituto Médico Legal (IML) de Joinville. Por enquanto, a polícia ainda não tem muitas informações sobre a vítima. Nem o pai tinha muito contato com o filho. Alexandre não estaria trabalhando e morava no bairro Itinga.

A vítima foi encontrada por moradores caída no chão por volta das 4 horas. Ele estava inconsciente e com vários ferimentos e fraturas nos braços e pernas.

A suspeita é de que Alexandre tenha sido espancado, mas não há nenhuma testemunha da agressão. O homem foi levado ainda com vida pela equipe de paramédicos da Polícia Militar ao Hospital São José e, 20 minutos depois, não resistiu aos ferimentos.

O delegado Paulo Campos dos Santos investiga e caso, mas, por enquanto não tem suspeitos.

A segunda morte também ocorreu durante a madrugada, no Hospital São José. Lourival Aparecido Carvalho, 39 anos, foi baleado em setembro após uma briga em um bar no Loteamento Jardim Edilene. Ele estava internado em estado grave na unidade de tratamento intensivo (UTI).

Três homens teriam discutido com a vítima em um bar da rua Paulo Anastácio e avisaram que retornariam para acertar as contas. O trio voltou em um Peugeot prata e disparou quatro tiros na direção do homem. A vítima foi atingida por dois disparos, um na região do peito e outro no pescoço. O trio conseguiu fugir.

O caso está sendo investigado pela equipe da 8ª Delegacia de Polícia Civil, que já tem o nome de alguns suspeitos.

Sem identificação

Um homem com aproximadamente 40 anos continua sem identificação no IML de Joinville. O corpo foi encontrado em um terreno da rua Agulhas Negras, no bairro Adhemar Garcia, zona Sul de Joinville, no dia 29 de setembro. O Instituto-geral de Perícias (IGP) encontrou uma marca de tiro no pescoço da vítima.


Fonte: A NOTÍCIA

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente