Bancos de Joinville e região abrem normalmente nesta terça-feira

27/09/2011

Em assembleia do Sindicato dos Bancários de Joinville e Região, nesta segunda-feira à noite, ficou decidido que os bancários irão trabalhar normalmente nesta terça. A baixa participação — compareceram 186 profissionais dos 2.400 cadastrados — fez o presidente José Ilton Belli convocar nova assembleia para o fim da tarde desta terça e definir se haverá adesão à greve nacional.

— O número foi pequeno e acreditamos que, para tomar uma decisão importante como essa, precisamos de mais vozes — disse.

O sindicato de Joinville abrange outras 14 cidades da região - de Barra Velha a Rio Negrinho — e garantiu que os bancários destes municípios também irão trabalhar nesta terça.

— Funcionará normal e vamos ver como fica a situação nacional e do Estado ao longo do dia. É dessa repercussão e da vontade dos bancários que iremos definir como fica o atendimento no resto da semana — antecipou Belli.

O comando nacional da categoria reivindica aumento de 12,8%, que corresponde à recomposição do salário de 7,8% mais o aumento de 5%. A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ofereceu reajuste de 8%, que garantiria, segundo os bancários, ganho real de apenas 0,57%.

A contraproposta foi feita em uma reunião com o comando nacional dos bancários e a Fenaban, na última sexta-feira, em São Paulo.

— Queremos uma proposta mais palatável, que dê um aumento real — apontou Mauro Salles, presidente do SindBancários.

A expectativa é que a greve que se inicia supere a adesão da última manifestação por aumento salarial, no ano passado. Com duração de 14 dias, a paralisação teve maior adesão dos funcionários da Caixa Econômica Federal, do Banco do Brasil e do Banrisul.

Neste ano, é esperada forte adesão de bancos públicos e privados, com cerca de 70% dos funcionários parados, em todo o Brasil. Por meio de nota oficial, a Fenaban considerou a greve "fora de propósito" e avaliou que o calendário de negociações pelo reajuste estava sendo cumprido.

No texto, a entidade também afirma que atitudes que dificultem "o atendimento aos usuários é condenável, principalmente quando a negociação pode continuar e evitar qualquer paralisação".


Fonte: A NOTÍCIA

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente