"Com a arma ele entortou dois dentes meus", conta mulher torturada por bandido em Florianópolis

14/06/2011

Por cerca de duas horas, uma empresária foi presa em um quarto e agredida por um assaltante que invadiu a casa em que ela mora na Lagoa da Conceição, em Florianópolis. A mulher só conseguiu escapar da tortura e de uma possível violência sexual porque conseguiu chamar a atenção de um vizinho.

— Agrediu com socos, murros, puxava os meus cabelos. Quebrou bastante o meu cabelo atrás, e com a arma ele entortou dois dentes meus, afundou para dentro — relembra a empresária, que está com o rosto bastante machucado.

Ela conta que estava sozinha em casa no domingo, depois de um casal de amigos havia ido embora. O homem invadiu a residência e ela tentou se trancar no quarto, mas ele conseguiu derrubar a porta e amarrou os braços e as pernas da empresária.

— Ele me prendeu, colocou uma blusa na minha cabeça, com um fecho de malote no meu pescoço. Foi onde eu comecei a me jogar na janela e depois eu só acordei nos braços do meu vizinho.

A empresária se arrastou até perto da janela do quarto e com o corpo quebrou a vidraça. Um vizinho percebeu a presença do assaltante e gritou com o bandido, que não se intimidiu e atirou contra o homem. Ele não se feriu.

Além das agressões, a empresária pode ter se livrado também de uma possível violência sexual. Isso porque o bandido já havia tirado a calça que a mulher vestia e tem histórico de tentativa de estupro contra outras vítimas.

A polícia acredita que o mesmo homem seja responsável por outros 25 casos na região da Lagoa da Conceição. O suspeito seria um homem com cerca de 1,70 metro de altura, moreno e com sotaque nordestino.


Fonte: RBS TV

SD REGULADORA DE SINISTRO © 2011

ITAJAÍ/SC - 47 3368-6248 - regulacao@sdreguladora.com.br - Rua Almirante Tamandaré. 393 - Centro - CEP: 88301-430
QUAX Design Inteligente